Ivomec Injetável 500 mL - Ivermectina a 1% - MERIAL

R$ 151,99 Já com 10% de desconto à vista no boleto
ou
R$ 168,88
5x de R$ 33,78 sem juros
12x de R$ 16,32 com juros

Produto de alta eficiência no combate e tratamento aos mais variados tipos de parasitas. Destacando seu papel em programas de controle parasitário integrado e estratégico, a opção impede a infecção e infestação de animais, evitando prejuízos causados pelo parasitismo.

Merial

Descrição

Detalhes

(Solução de iver 1% p/v)

Uso Veterinário

Para tratamento e controle de parasitos internos e externos dos bovinos, ovinos e suínos.

Introdução:

Ivomec é um Endectocida injetável clássico, à base de ivermectina MERIAL a 1%, indicado para o tratamento e controle dos principais parasitos internos (estágios adultos e imaturos de vermes redondos gastrintestinais e pulmonar) e externos dos bovinos (berne, carrapato, piolhos sugadores, ácaros das sarnas psoróptica e sarcóptica), ovinos (estágios adultos e imaturos de vermes redondos gastrintestinas e pulmonares; ácaros da sarna psoróptica, sarcóptica e psorergates ovis; todos os estágios parasitários do "Bicho da Cabeça" - Oestrus ovis) e suínos (estágios adultos e imaturos dos vermes redondos gastrintestinais e pulmonares; estágios adultos e imaturos do verme redondo da gordura peri-renal - Stephanurus dentatus - ácaros da sarna sarcóptica, piolho). Ivomec® Injetável também é indicado na prevenção do desenvolvimento da bicheira causada por larvas de Cochliomyia hominivorax, auxilia no controle do piolho mastigador Bovicola (Damalinia) bovis e do ácaro causador da sarna corióptica em bovinos.

A ivermectina age especialmente nos canais de cloro controlados pelo ácido glutâmico e secundariamente naqueles canais de cloro controlados pelo GABA (ácido gama-aminobutírico), ocasionando um aumento no fluxo destes íons nas sinapses nervosas em vermes redondos e na placa ou no botão neuromuscular em artrópodes. Conseqüentemente há hiperpolarização das membranas nervosas, ocasionando paralisia flácida, morte e eliminação dos parasitos.

A ivermectina MERIAL é uma das moléculas mais testadas e aprovadas no mercado veterinário mundial, com mais de 3.000 trabalhos científicos publicados e mais de 6 bilhões de doses comercializadas pelo mundo; uma garantia ímpar de qualidade.

Por ser um produto sistêmico, a eficácia máxima de Ivomec® Injetável sobre o carrapato dos bovinos ocorre a partir de 4 a 5 dias após a aplicação.

Descrição do produto:

Ivomec Injetável é uma solução estéril de ivermectina pronta para o uso. Ivermectina origina-se das avermectinas, uma família de agentes antiparasitários de amplo espectro, altamente ativa, isolada de um organismo do solo – o Streptomyces avermitilis. Ivomec Injetável é uma solução de ivermectina a 1% p/v. É formulado para uso em bovinos e ovinos na dosagem aprovada de 200 mcg  de ivermectina/kg, administrado por via subcutânea na proporção de 1 mL para cada 50kg de massa corporal. Para suínos, a dosagem aprovada é de 300mcg de ivermectina/kg, administrado por via subcutânea, na proporção de 1 mL para cada 33kg de massa corporal.

Indicações do produto:

Bovinos: Ivomec Injetável é indicado para o tratamento e controle eficaz de vermes redondos (gastrintestinais e pulmonar), berne, piolhos sugadores, ácaros produtores da sarna corióptica. Ivomec Injetável também é indicado para previnir o desenvolvimento de bicheira umbilical de bezerros recém-nascidos  e nas feridas de castração dos bezerros:
Vermes redondos gastrintestinais (adultos e larvas de 4° estágio): Ostertagia ostertagi (incluindo o estágio inibido), Ostertagia lyrata, Haemonchus placei, Trichostrongylus axei, T. colubriformis, Cooperia oncophora, Cooperia punctata, Cooperia pectinata, Bunostomum phlebotomum, Oesophagostomum radiatum, Nematodirus helvetianus (adulto), Nematodirus spathiger (adulto), Strongyloides papilosus (adulto) e Trichuris spp. (adulto).
Verme pulmonar (adultos e larvas de 4° estágio): Dictyocaulus viviparus.
Berne: larvas de Dermatobia hominis.
Bicheira: larvas de Cochiliomya hominivorax*.
Piolhos: Linognathus vituli, Haematopinus eurysternus, Solenopotes capilatus, Damalinia bovis**.
Ácaros da sarna: Psoroptes ovis (sin. P. communis var. bovis), Sarcoptes scabiei var. bovis, Chorioptes bovis**.
Carrapato: Boophilus microplus***.

*Ivomec Injetável previne o desenvolvimento de bicheira do umbigo de bezerros recém-nascidos, quando tratados na primeira oportunidade após o nascimento, preferivelmente dentro de 24 horas; e de feridas de castração de bezerros, quando tratados imediatamente após a cirurgia. Todos os animais tratados com Ivomec Injetável após o nascimento ou castração, devem ser observados diariamente até a cicatrização. Sempre que houver necessidade de tratamento curativo, usar mata-bicheira tópico específico.
**Ivomec Injetável auxilia o controle destes parasitos.
***Ivomec Injetável atinge eficácia máxima contra carrapato a partir de 4 a 5 dias após o tratamento.

 Efeito persistente: Ivomec Injetável administrado na dose recomentada de 200 mcg/kg de peso, tem atividade prolongada contra nematódeos gastrintestinais e pulmonar.

Ovinos: Ivomec Injetável é indicado para o tratamento e controle eficaz das seguintes espécies de parasitos internos e externos:

Vermes redondos gastrintestinais: Haemonchus contortus ¹ ² ³, Ostertagia circumcincta ¹ ² ³, Ostertagia trifurcata¹ ², Trichostrongylus axei¹, Trichostrongylus colubriformis ¹ ² ³, Trichostrongylus vitrinus¹, Nematodirus filicollis ¹ ², Nematodirus spathiger² ³, Cooperia curticei¹ ², Strongyloides papilosus² ³, Gaigeria pachyscelis¹ ² ³, Oesophagostomum columbianum¹ ² ³, Oesophagostomum venulosum¹, Chabertia ovina¹ ² ³, Trichuris ovis¹. Sendo: ¹ adultos, ² larvas de 4°estágio e ³ larvas de 3° estágio.
Vermes pulmonares: Dictyocaulus filaria (adultos e larvas de 3° e 4° estágios), Protostrongylus rufescens (adultos).
Bicho da cabeça: Oestrus ovis (todos os estágios larvais).
Ácaros da sarna: Sarcoptes scabiei var. ovis,  Psoroptes ovis*, Psoroptes ovis. *Uma única injeção reduz acentuadamente o número de Psoroptes communis var. ovis, e frequentemente conduz ao desaparecimento dos sinais clínicos da sarna. São necessárias 2 injeções com intervalos de 7 dias para a eliminação total dos ácaros.

Suínos: Ivomec Injetável é indicado para o tratamento e controle eficaz das seguintes espécies de parasitos: Vermes redondos gastrintestinais: Ascaris suum (adultos e larvas de 4° estágio), Hyostrongylus rubidus (adultos e larvas de 4° estágio), Oesophagostomum spp. (adultos e larvas de 4° estágio), Strongyloides ransomi (adultos)* e Trichuris suis (adultos)**

Verme pulmonar: Metastrongylus spp. (adultos).
Verme renal: Stephanurus dentatus (adultos e larvas de 4° estágio).
Piolhos: Haematopinus suis.
Ácaros da sarna: Sarcoptes scabiei var. suis.

*Ivomec Injetável aplicado em porcas 7 a 14 dias antes do parto, controla efetivamente a transmissão de Strongyloides ransomi, pelo leite, aos leitões.
**Estudos de eficácia demonstraram que Ivomec Injetável é 80% eficaz contra T. suis. 

Dosagem e administração:
Bovinos: Ivomec Injetável deve ser administrado somente por injeções subcutânea, na dosagem aprovada de 200 mcg de ivermectina por quilograma de massa corporal. Cada mL contém 10mg de ivermectina, suficientes para tratar 50kg de massa corporal. Aplicar sob a pele solta na frente ou atrás da escápula. Utilizar uma agulha de calibre 16, de 15 a 20mm (½ a 3/4”).
Use equipamento estéril e obedeça as normas de assepsia.

Use a seguinte tabela de dose para bovinos:

Faixa de     Volume da   Doses por frascos de
Peso (Kg)     dose (mL)   50 mL   200 mL   500 mL   1L
           
50 1 50 200 500 1000
100 2 25 100 250 500
150 3 16 66 166 333
200 4 12 50 125 250
300 6 8 33 83 166


Obs.: Para animais mais pesados, manter a mesma proporção de 1mL de Ivomec Injetável para cada 50 kg de massa corporal.

Ovinos: Ivomec Injetável deve ser administrado somente por injeção subcutânea, na dose aprovada de 0,5 mL por 25kg de massa corporal (200 mcg de ivermectina por kg). O produto pode ser injetadocom qualquer seringa automática ou convencional. Seringas descartáveis de pequeno volume são recomendáveis. Como em qualquer injecção, técnicas de assepsia devem ser adotadas. Recomenda-se, como local de injeção, a pele solta desprovida de lã da região axilar.

Use a seguinte tabela de dose para ovinos:

Massa   Volume da   Doses por frascos de
corporal (Kg)   dose (mL)   50 mL   200 mL   500 mL   1L
           
25 0,5 100 400 1000 2000
50 1 50 200 500 1000
75 1,5 33 133 333 666
100 2 25 100 250 500

 

Suínos: Ivomec Injetável deve ser administrado somente por injecção subcutânea, no pescoço, na dose recomendada de 1 mL de Ivomec Injetável para 33kg de massa corporal (300 mcg de ivermectina por kg de massa corporal). O produto Ivomec Injetável pode ser injetado com qualquer seringa automática ou convencional. Em leitões, especialmente aqueles com peso abaixo de 16kg, para os quais menos de  0,5 mL de Ivomec Injetável é indicado, é importante administrar a dose com precisão. Neste caso, o uso de seringas descartáveis calibradas para injetar até 0,1 mL é recomendado. Como em qualquer injeção, técnicas de assepsia devem ser adotadas.

Use a seguinte tabela para suínos:

Categoria   Faixa de   Volume de   Doses por frascos de
Animal   Peso (Kg)   Dose (mL)   50 mL   200 mL   500 mL   1L
             
Leitões e porcos 16 0,5 100 400 1000 2000
em crescimento 33 1 50 200 500 1000
  50 1,5 33 133 333 666
  66 2 25 100 250 500
  83 2,5 20 80 200 400
  100 3 16 66 160 320
Reprodutores 133 4 12 50 120 240
(porcas e 166 5 10 40 100 200
cachaços) 200 6 8 33 80 160

 

Programa de controle dos parasitos de bovinos:

À semelhança de outras práticas de manejo em uma fazenda, um plano eficaz de controle de parasitos deve ter uma programação anual. Com o auxílio de pesquisadores, parasitologistas e líderes independentes em sua área, um Programa de Controle de Parasitos pode ser elaborado. Seguindo este programa, você estará assegurando ao seu gado a mais eficaz prevenção contra parasitos internos e externos. Consulte um representante da MERIAL para esclarecimentos adicionais. 

Programa de controle dos Parasitos de Suínos:
1) Reprodutores:
Ao iniciar qualquer programa de controle parasitário, é importante tratar todos os reprodutores do plantel. Após o tratamento inicial, use Ivomec Injetável regularmente, como segue:
Porcas: Tratar com Ivomec Injetável preferencialmente 7 a 14 dias antes do parto, a fim de minimizar a infecção dos leitões.
Marrãs: Tratar 7 a 14 dias antes da cobertura e 7 a 14 dias antes da parição.
Cachaçõs: Tratar no mínimo 2 vezes ao ano com Ivomec Injetável. A frequência e necessidade de tratamentos dependem da exposição aos parasitos.
2) Suínos em crescimento (Engorda)
Todos os suínos devem ser tratados por ocasião de transferências para as baias de crescimento ou terminação.
Nota: Para controle eficaz da sarna, deve-se impedir a reinfestação através da exposição a animais não tratados ou instalações contaminadas. 

Modo de ação:

A Ivermectina de Ivomec Injetável mata vermes redondos e ectoparasitas tais como ácaros, piolhos e vários insetos. O seu mecanismo de ação envolve um mediador químico que emite sinais entre as células nervosas ou entre uma célula nervosa e os músculos. Tal droga, neuro-transmissora, é denominada ácido gama amino butírico, mais conhicido pela sigla GABA.
Nos vermes redondos, a ivermectina de Ivomec Injetável estimula a liberação do GABA nas terminações nervosas, favorecendo a sua fixação a receptores especiais ao nível das respectivas junções, interrompendo dessa forma os impulsos nervosos. Como consequencia, os parasitos ficam paralisados e morrem. O estímulo do efeito do GABA em artrópodes, tais como ácaros e piolhos, é parecido ao que se observa nos vermes redondos, porém o impulso nervoso é interrompido entre a terminação nervosa e o músculo. Da mesma forma, tal efeito produz paralisia e morte.
Ivermectina não tem efeito significativo contra fascíolas ou tênias, presumivelmente porque tais parasitos não têm GABA como neutro-transmissor. As doses recomendadas possuem uma ampla margem de segurança do gado. A acetilcolina, principal neutro-transmissor periférico em mamíferos, não é afetada pela ivermectina de Ivomec Injetável. Aivermectina não penetra com facilidade através da barreira do sistema nervoso central dos mamíferos, onde o GABA funciona como neutro-transmissor.

Benefícios:
- Com Ivomec Injetável você Economiza de mão-de-obra, com menor número de manejos para o controle dos principais parasitos internos e externos dos bovinos, ovinos e suínos.
- Maior produtividade.
Ivomec Injetável pode ser empregado em todos os animais do rebanho, quando num programa de tratamento.
- Maior Lucro com relação Custo/Benefício positiva.
- Sem reações adversas para o animal.
Ivomec Injetável possui padrão mundial de qualidade.
- Confiabilidade.
- Conveniência.
- Flexibilidade de uso.


Segurança Ambiental:
De acordo com estudos efetuados, a ivermectina, ao entrar em contato com o solo fixa-se firmemente às partículas do mesmo e torna-se inativa após algum tempo. Restos do produto ou embalagens usadas devem ser descartadas adequadamente, isto é, enterrados ou queimados, uma vez que a ivermectina livre pode afetar adversamente peixes e alguns organismos aquáticos.

Período de Carência:
Abates:

Bovinos: não abater os animais dentro do período de 35 dias após o último tratamento com Ivomec Injetável.
Ovinos: 28 dias após o último tratamento com Ivomec Injetável.
Suínos: 18 dias após o último tratamento com Ivomec Injetável.

Leite: Não usar Ivomec Injetável em vacas leiteiras produzindo leite para o consumo humano.

Prazo de Validade
5 anos após a data de fabricação.

Advertências:
Ivomec Injetável não deve ser administrado em vacas leiteiras que produzam leite para o consumo humano.
- Embalagens vazias de Ivomec Injetável devem ser destruídas por incineração e nunca reaproveitadas ou lavadas em rios ou açudes.
- Evitar fumar ou alimentar-se durante o manuseio de Ivomec Injetável.
- Lavar as mãos após o manuseio de Ivomec Injetável.
- Manter Ivomec Injetável e outros medicamentos fora do alcance de crianças e animais domésticos. 

Notas ao usuário:
Quando da utilização de produtos injetáveis como Ivomec Injetável, recomenda-se a vacinação preventiva de bovinos e ovinos contra bactérias do gênero Clostridium, em áreas onde houver grande incidência destas infecções.
Bovinos: Observaram-se, em alguns casos, desconforto passageiro bem como pequena incidência de edema dos tecidos moles no local da injecção de Ivomec Injetável. Tais reações desapareceram sem nenhum tratamento.
Ovinos: Após injecções subcutânea de Ivomec Injetável, podem ser observados sinais sugestivos de dor às vezes intensa, porém transitória. 

Apresentações:
Ivomec Injetável para bovinos, ovinos e suínos é apresentado em frascos plásticos de 50mL, 200mL, 500mL e 1L.

Venda sob prescrição e aplicação sob orientação do médico veterinário.

Proprietário e fabricante: Merial Saúde Animal Ltda.
Fazenda São Francisco-Paulínia-SP
CNPJ 57.600.249/0001-55- Indústria Brasileira
Resp. técnica: Dr. Henry Berger de Almeida – CRMV – SP n°10.114
Licenciado no Ministério da Agricultura sob n° 1275 em 16/12/80.

 

 

 

 

Informações Técnicas

Fórmula:

Cada 100mL contém:

Ivermectina......................................................................................................................... 1,0 g

Veículo …....................... qsp............................................................................................. 100 mL

 

Prazo de Validade 5 anos após a data de fabricação.

Avaliações dos Clientes

Queremos saber sua opinião

Apenas usuários registrados podem comentar. Por favor, identifique-se ou cadastre-se

Tags do Produto

Tags do Produto

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.